terça-feira, 22 de maio de 2012

Psi(po)ética


Estamos fartos da psicologia vendida
Da psicologia mal- paga
Da psicologia distante do público
fiel ao livro de ponto expediente
a protocolos e manuais de apreço a sra. elite

Estamos fartos da psicologia que para e
vai averiguar nos códigos o
cunho patológico de tudo e para todos

Abaixo os generalistas
Todas as palavras sobretudo os moralismos universais
Todas as construções sobretudo os complexos e castrações
Todas as abordagens sobretudo as classificáveis

Estamos fartos da psicologia reducionista
Midiática
Fatídica
Apolítica
De toda psicologia que capitula ao que
quer que seja fora da normalidade.

De resto não é psicologia
Será contabilidade tabela de obscenos contratos deselegantes
com mais de cem modelos de laudos e as mais diferentes formas
de tratar a depressões, transtornos etc.

Queremos antes a psicologia dos loucos
A psicologia dos anômalos
A psicologia devir e pungente dos anômalos
A psicologia dos rizomas de Valter Rodrigues

-Não queremos mais saber de psicologia que não é relação.
                                                                         
Denise Viana
*paráfrase do poema “Poética” do modernista Manuel Bandeira, em homenagem à temática "Anos 20" dos formandos em Psicologia 2012.1 na Faculdade Juvêncio Terra - Vitória da Conquista - BA

Um comentário:

  1. Roubaram meu cel minha doutora!

    Te achei aqui...71/87118532

    ResponderExcluir

Contribua com o seu Comentário...